Início > Notícias

KPMG - Guia de Impostos nos países africanos

O estudo da KPMG “2016 Africa Indirect Tax Country Guide” faz uma análise dos impostos indiretos ou sobre o consumo num conjunto de 23 países africanos, entre os quais Moçambique, Guiné-Equatorial, Senegal e Tunísia. As economias de crescimento mais rápido do mundo estão em África. As relações com este continente tornam-se um imperativo estratégico de crescimento para a maioria das empresas globais.

AICEP XANGAI

2ª Edição do «Maritime Silk Road Port International Cooperation Forum»

A segunda edição do Maritime Silk Road Port International Cooperation Forum decorre no dia 11 de julho, em Ningbo. Este evento, parte do China Maritime Forum 2016, tenciona promover a comunicação e a cooperação entre as autoridades portuárias e as empresas relacionadas com o sector portuário, centrado na promoção do One Belt and One Road, o projecto chinês para a Rota da Seda do Século XXI que incluir rota marítima.

A China pioneira no Panamá

Foi por sorteio que ficou definido o nome do navio que irá inaugurar a ampliação do Canal do Panamá, a 26 de Junho: é chinês, chama-se Andronikos e trata-se de um porta-contentores com 48,25 metros e capacidade máxima de 9.400 toneladas, operando para a empresa Cosco. Irá fazer o percurso por entre uma estrutura com 4,7 milhões de metros cúbicos de cimento e 321 mil toneladas de aço, aplicados numa das mais importantes obras de engenharia e construção do século XXI.

Contentores inteligentes

Os contentores inteligentes estão cada vez mais na ordem do dia e vários são os fatores que levam a isso. Um contentor diz-se inteligente quando tem associado um dispositivo eletrónico que remotamente consegue informar os seus gestores do seu estado de funcionamento/operação.

Plano para criar Canal da Nicarágua perde apoio

Após 16 meses, a empreitada está envolta em mistério e gera protestos populares que criticam a falta de transparência do projecto. O presidente Daniel Ortega não fala publicamente sobre ele há meses e não há nenhum sinal visível de progresso.

Dia 26 de Julho marcará a inauguração do reestruturado Canal do Panamá

O dia 26 de Julho de 2016 marcará, definitivamente, a inauguração do novo Canal do Panamá, que a partir dessa data voltará a estar em funcionamento após as obras de expansão da infra-estrutura. Quem o confirmou foi Jorge Quijano, Administrador da Autoridade do Canal do Panamá, que, apesar da revelação, não deixou de demonstrar cautela, devido ao trabalho intenso que ainda falta realizar para finalizar a empreitada.

ZUMWALT, o navio que parece virado de cabeça para baixo

Dos Estados Unidos surge um navio que parece estar virado de cabeça para baixo. Mas é o último grito em tecnologia anti-radar aplicada à marinha de guerra. As formas do USS Zumwalt são aquelas para que seja "invisível" aos radares inimigos. Trata-se do maior destroyer da marinha americana e, com um preço de quatro mil milhões de euros, o mais caro.

Maersk testa drones no abastecimento de navios

A Maersk está a estudar o uso de drones, numa tentativa de cortar os custos no abastecimento de bens aos seus navios. Em estudos preliminares, a Maersk fala em poupanças na ordem dos 9 mil dólares/navio, levando bens até ao navio tais como correspondências, remédios e peças de reposição.

COM EMISSÕES DE LUZ DAS LULAS

Start-up francesa usa bactérias para iluminar montras e ruas sem gastar eletricidade

Uma start-up francesa desenvolveu um sistema de iluminação que usa bactérias geneticamente modificadas para que estas se tornem “luminosas”. Batizada de Glowee, esta start-up francesa desenvolveu um método de iluminação inovador que não gasta eletricidade e que pode ser usada para iluminar montras de lojas, fachadas de edifícios, monumentos e outros espaços públicos.
A empresa utiliza um processo de bioluminescência, ou seja, aproveita a emissão de luz de um determinado ser vivo, neste caso da lula, que é provocado por uma reação química com um certo gene.

Comércio de Portugal com a lusofonia desceu 22% para 5,5 mil milhões

As trocas comerciais entre Portugal e os países lusófonos aproximaram-se dos 5,5 mil milhões de euros no ano passado, caindo 22% face aos quase 7 mil milhões de 2014, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística. De acordo com os dados compilados pela Lusa, as trocas comerciais entre Portugal e Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Equatorial, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, totalizaram 6,99 mil milhões de euros em 2014, tendo descido para 5,43 mil milhões no ano passado.

Irão e Alemanha equacionam criação de companhia de transporte marítimo de contentores

De acordo com a imprensa internacional, o Irão e a Alemanha equacionam a possibilidade de estabelecer uma cooperação ao nível marítimo através da implementação de uma nova companhia de transporte marítimo de contentores. Durante uma recente visita a Hamburgo, Mohammad Saiedi, Director administrativo da Islamic Republic of Iran Shipping Line, assinou um Memorando de Entendimento com os proprietários da empresa de transporte da Alemanha PWL Group, sendo expectável que a génese da nova companhia ocorra em Março.

Mercado de contentores: perdas colectivas podem atingir os 5 mil milhões de dólares em 2016

O mercado de contentores continua a dar sinais negativos, numa tendência de queda que parece ter vindo para reinar, pelo menos pelos próximos dois ou três anos, à medida que a capacidade da frota global ultrapassa os índices projectados da procura. O comércio entre a Ásia e a Europa tem sido fortemente atingido, tendo-se assistido até ao encolhimento do mercado de contentores, facto histórico (quase) sem precedentes.

Macau| Economia, relações económicas com Portugal e condições de acesso ao mercado

A “Ficha de Mercado de Macau”, agora publicada pela AICEP, faz uma análise da economia de Macau, das relações económicas Portugal-Macau e das condições de acesso ao mercado, apresentando também um conjunto de informações úteis para exportadores e investidores nacionais.

Barómetro PwC: Segurança no mar atrai crescimento

Para se conseguir explorar convenientemente as potencialidades que o mar oferece a Portugal, incluindo a Madeira e os Açores, que lhe conferem dimensão mundial entre os maiores países contabilizando as suas zonas económicas exclusivas em negociação para a extensão da plataforma continental nacional, há que garantir que a segurança, em todas as suas vertentes, não seja descurada. Aliás, deve ser reforçada.
É, também isso, que quis concluir a 6.a edição do 'LEME - Barómetro PwC da Economia do Mar' que teve na "Salvaguarda da Vida Humana no Mar" o tema principal. Este foi apresentado num evento muito concorrido pelas 'gentes do mar', realizado no auditório da Reitoria da Universidade da Madeira.

Apoio financeiro da China à África de língua portuguesa ascende a 22,6 mil milhões de dólares

O apoio financeiro da China aos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP) ascendeu a 22,6 mil milhões de dólares entre 2000 e 2014, metade dos quais dirigidos a Angola, de acordo com números oficiais chineses citados num estudo agora publicado. O estudo “As políticas de ajuda externa da China e do Japão face à África lusófona”, do investigador académico Pedro Amakasu Raposo, compara as agendas de desenvolvimento das duas potências asiáticas para os PALOP, considerando terem-se tornado “cada vez mais semelhantes”, com a chinesa a ser “um sério competidor.”

BIMCO alerta: ano de 2016 marcará índice elevado de desmantelamento de navios

Tudo aponta para que o ano de 2016, que irrompe por entre um acentuado abrandamento do transporte marítimo, seja pautado por um elevadíssimo índice de desmantelamento de navios - seguindo a BIMCO (Baltic and Maritime Council), serão vendidas cerca de 40 milhões de toneladas para demolição de graneleiros de transporte de sólidos, um número que reforça o contexto de perda de fulgor do segmento e fará de 2016 um ano nada risonho.

Crescimento médio anual dos porta-contentores atinge mínimo recorde desde 1990

O ano de 2016 ficará bastante abaixo da taxa média de crescimento anual de 10,3%, verificada desde 1990, segundo previsões avançadas pela Alphaliner. Em cima desse facto, o ritmo mais lento de entregas de navios e o perspectivado aumento do número de navios porta-contentores destinados à demolição são dois factores que deverão conter o crescimento líquido da frota em 2016 para menos de 1Mteu da capacidade nominal.

Porta-contentores: Frota global inactiva atinge recorde em 2015 e não se preve redução até Abril

De acordo com a analista Alphaliner, a frota mundial de navios porta-contentores que se encontram parados atingiu, no final de Dezembro de 2015, um recorde máximo, perfazendo uma capacidade total de 1,36 milhões de TEUs, o que representa cinco vezes mais quando comparada essa capacidade com aquela verificada no início do ano de 2015 (0,23 milhões de TEU's).

Mundo lusófono precisa de um banco de desenvolvimento

O mundo lusófono necessita, à semelhança do que sucede na comunidade britânica, de um banco de desenvolvimento para que os Estados membros da CPLP possam desenvolver o "grande potencial económico" existente, defende um académico português. Bernardo Teotónio Pereira, professor na Nova School Business of Economics (SBE) da Universidade Nova de Lisboa, falava à agência Lusa na sequência da abertura da terceira edição do mestrado "O Potencial Global do Mundo Lusófono", totalmente lecionado em Português.

Companhias de navegação sobem gastos com porta-contentores em 98%

As companhias de navegação investiram um total de 18,620 milhões de euros em novas encomendas de porta-contentores durante 2015, o que representa um aumento destes gastos de uns exorbitantes 98% em relação ao ano anterior. Foram feitos 255 pedidos de barcos, com uma capacidade total de 2,34 milhões de TEUs. Tal procura representa um aumento de 113% da capacidade da carteira de encomendas, de acordo com a consultora Alphaliner, que alerta para a insustentabilidade da situação.

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família