Início > S. Tomé e Príncipe

Como e onde investir em São Tomé e Príncipe

Decorreu dia 31 de Maio, em Oeiras, Portugal, no hotel Targuspark, a apresentação do plano estratégico de desenvolvimento e investimentos em São Tomé e Príncipe, pelo primeiro-ministro, Patrice Trovoada. Uma iniciativa do grupo AITECOREIRAS em parceira com o governo santomense.
Uma questão chave na apresentação do primeiro-ministro santomense foi a construção do porto de águas profundas para o transbordo de mercadorias, que vai servir como motor de dinamização do comércio com os países vizinhos dessa sub-região africana.

 

São Tomé e Príncipe vai acolher plataforma de transbordo de mercadorias

Uma plataforma flutuante de ancoragem de navios será instalada dentro de seis meses em alto mar na zona sul de São Tomé, no quadro de um acordo a ser assinado brevemente entre o Governo de São Tomé e Príncipe e uma empresa taiwanesa. A empresa Bluesky, do empresário taiwanês Nobu Su, possui seis navios com capacidade para transportar mais de 100 mil toneladas de mercadorias a granel e sete mil e 500 viaturas.
Segundo o primeiro-ministro santomense, Patrice Trovoada, a plataforma de logística de transbordo de mercadorias encontrará mercados no Golfo da Guiné.

São Tomé e Príncipe e Guiné Equatorial assinam acordos de parceria económica

As Câmaras de Comércio de São Tomé e Príncipe e da Guiné Equatorial assinaram em São Tomé um acordo de cooperação, válido para três anos, em diversas áreas de investimentos privados, noticia a PANA. Segundo o comunicado final da visita de três dias do presidente da Câmara e Comércio da Guiné Equatorial, Domingo Mituy Edjang, as partes acordaram cooperar nos domínios da agricultura, do turismo, da banca, dos seguros, dos petróleos, do comércio geral e da promoção e qualificação dos recursos humanos.

PRIMEIRO-MINISTRO DE SÃO TOMÉ É PRINCIPE

Forte presença de Angola em São Tomé

As relações entre Angola e São Tomé e Príncipe são excelentes, disse o primeiro-ministro Patrice Trovoada em entrevista exclusiva ao Jornal de Angola. Os dois países têm acordos em vários domínios, com destaque para a educação, transportes, formação de quadros e exploração petrolífera. A Sonangol é o rosto mais visível da cooperação entre os dois Estados, na medida em que a petrolífera angolana intervém, além da área de combustíveis, na exploração do aeroporto e do porto de São Tomé e prevê adquirir 51 por cento do capital da STP Airways.

Investidores francófonos criam clube económico em São Tomé e Príncipe

Um grupo de investidores estrangeiros da sub-região africana, cujos países pertencem à Organização Internacional da Francofonia (OIF), criaram em São Tomé e Príncipe uma associação para defender os seus interesses, o Clube Económico Francófono (CEF).
Segundo a agência «Panapress», o CEF é uma sociedade que junta dezenas de investidores nas áreas da banca, seguros, transporte marítimo, importação de automóveis, bens de primeira necessidade e agricultura, que actuam no arquipélago há vários anos.

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

Grupo suíço quer construir refinaria de produtos petrolíferos

O primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada, anunciou a intenção do grupo suíço Gunver em construir no arquipélago um centro de armazenagem de produtos petrolíferos refinados com capacidade para abastecer toda a região da África ocidental. Trata-se de um investimento a ser executado também com capital russo, avaliado em 200 milhões de dólares (148,7 milhões de euros).

S. TOMÉ E PRÍNCIPE

Porto em águas profundas com ou sem CMA – CGM é uma das prioridades de Patrice Trovoada para 2012

Em declarações à TVS e a RTP-África, o Primeiro-ministro Patrice Trovoada garantiu que este ano será dado o pontapé de saída na construção de um porto ou cais acostável em São Tomé e Príncipe. Uma prioridade que o Chefe do Governo pretende implementar com ou sem a empresa francesa CMA – CGM.
Desde o ano 2008 que a terceira maior transportadora mundial de contentores, a CMA – CGM, empresa francesa, assinou com o Estado são-tomense um acordo para construção de um porto de águas profundas na zona de Fernão Dias.

São Tomé privilegia parceria com Angola para afirmação no golfo da Guiné

O Presidente de São Tomé e Príncipe, Manuel Pinto da Costa, sublinhou, em Luanda, que o seu país procura parceiros fortes para poder jogar um papel de destaque na região do golfo da Guiné, sendo Angola o parceiro mais importante na concretização dessa intenção.

ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS NA FRONTEIRA MARÍTIMA COM A NIGÉRIA

São Tomé e Príncipe defende redução das despesas de funcionamento da Autoridade Conjunta

A proposta são-tomense foi apresentada à parte nigeriana na reunião do conselho ministerial conjunto realizada em Abuja. O orçamento da Autoridade Conjunta está avaliado em 12 milhões de dólares. Por causa da crise financeira internacional, São Tomé e Príncipe considera que é preciso fazer cortes.
O orçamento da Autoridade Conjunta órgão criado pela Nigéria e São Tomé e Príncipe para administrar os recursos na fronteira marítima comum, deverá ser reduzido. A proposta apresentada por São Tomé e Príncipe, deverá ser aprovada em Março próximo na reunião extraordinária do Conselho Ministerial Conjunto.

Príncipe pode perder «o homem da lua»

É grande a preocupação da população e do Governo Regional do Príncipe, em relação a um possível fracasso do projecto de investimento proposto pelo milionário sul-africano, Mark Shuttleworth (na foto). A meta para a consumação do negócio é 21 de Dezembro.
Dados recolhidos pelo correspondente do Téla Nón na ilha do Príncipe, indicam que o acordo de investimento firmado entre o Governo Regional do Príncipe e o milionário sul-africano, proprietário do grupo HBD – Boa Vida, está avaliado em 70 milhões de euros, para desenvolver um conjunto de projectos turísticos e sociais, até Dezembro de 2019.

Total investe 200 milhões de dólares USD em São Tomé e Príncipe

A empresa petrolífera francesa Total vai investir cerca de 200 milhões de dólares norte-americanos em 2012 na produção de petróleo no bloco um, da zona conjunta Nigéria/S. Tomé e Príncipe.
Collins Kalabaré, da autoridade conjunta, que falava no âmbito de uma reunião de programação das actividades do órgão de gestão da citada zona Nigéria/S.Tomé e Príncipe para 2012, defendeu que para o sucesso do investimento a Total deverá recorrer à parceria com pequenas empresas que operam naquele bloco, uma das quais é a Adax Petrolium.

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

BAD disponibiliza 7 milhões de dólares para financiamento de projectos na agricultura e pescas

Para aumentar a produção alimentar e melhorar a qualidade dos produtos locais, o Banco Africano de Desenvolvimento, disponibilizou 7 milhões de dólares, ao projecto de reabilitação das infra-estruturas de apoio a segurança alimentar. Verba que nos próximos 7 anos será aplicada nos sectores da agricultura e pescas.
O montante de 7 milhões de dólares será aplicado na reabilitação das infra-estruturas dos sectores da agricultura e pescas. Álvaro Vila Nova, Director do Projecto, indicou que aumento da produção alimentar é o grande objectivo do projecto, que procura também melhorar a qualidade da produção local. Um projecto que vai actuar directamente junto às associações das comunidades agrícolas piscatórias, promovendo acções de luta contra a pobreza.

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

O voador morre à sombra

Esta é a época do voador em São Tomé – um peixe que não só nada, mas também salta fora da água. No país, costuma dizer-se “voador panhá”; panhá, porque vem de “apanhar”, já que o voador não se pesca com fio e anzol. O voador apanha-se. Com folha de andala e capim.

O PROGRESSO QUE CHEGA PELO MAR

Cabo submarino de fibra óptica já chegou às águas territoriais de São Tomé

O navio que arrasta o cabo submarino de fibra óptica, que está a contornar a costa ocidental de África chegou a São Tomé na manhã desta segunda-feira. A cerimónia de amarração está marcada para hoje, 15 de Novembro..
O navio que atracou ao largo da ilha de São Tomé está a contornar a costa ocidental do continente africano, lançando o cabo que vai revolucionar o sistema de telecomunicações. Está para breve o fim da internet lenta em São Tomé, para breve a abertura de uma nova era, marcada por alta velocidade no uso da internet. O projecto de cabo submarino financiado pela comunidade internacional e pelos respectivos países africanos, liga os continentes europeu, africano e a América Latina.

PERTO DA ZONA CONJUNTA COM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

Total descobre novas reservas de petróleo nas águas territoriais da Nigéria

A nova reserva de petróleo descoberta pela filial da companhia francesa Total, está localizada no sudoeste da Nigéria, em águas profundas. A Total, que tem plataformas petrolíferas na zona, mais concretamente sobre o bloco 102, descobriu o novo poço de petróleo a uma distância de 15 quilómetros da zona onde está a operar.
A companhia francesa anunciou que face às recentes descobertas de petróleo na zona, pretende intensificar as suas acções com vista a explorar jazidas de petróleo que se encontram nas proximidades da sua zona de intervenção off – shore.

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

Dois estudos importantes sobre a instalação do cabo submarino

Os dois estudos reflectem o impacto social e ambiental das actividades do projecto de instalação do cabo submarino em São Tomé. A amarração do cabo submarino em São Tomé está prevista para 2012. Financiado pelo Banco Mundial e pelo Estado são-tomense, toda a estrutura do projecto é colocada a disposição do público.

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

Cabo submarino já chegou ao vizinho Gabão

Grande festa foi organizada em Libreville, capital do Gabão, para assinalar a chegada do cabo submarino de fibra óptica que vai revolucionar o serviço das telecomunicações no país vizinho. Está prevista para o primeiro trimestre de 2012, a amarração do cabo submarino na ilha de São Tomé.
 

Angola e São Tomé e Príncipe relançam cooperação bilateral

Angola e São Tomé e Príncipe decidiram relançar a sua cooperação bilateral em vários domínios, após uma prolongada letargia marcada pela ausência de um embaixador angolano.
O anúncio foi feito pelo novo embaixador de Angola em São Tomé e Príncipe, Alfredo Eduardo Manuel Mingas, pouco após a entrega das suas cartas credenciais ao Presidente são-tomense, Manuel Pinto da Costa.

 

Candidatura da Ilha do Príncipe a Reserva da Biosfera da UNESCO

No passado mês de Agosto foi entregue na UNESCO o dossier da candidatura da Ilha do Príncipe a Reserva da Biosfera, no âmbito do Programa MAB – Man and the Biosphere, em resultado de uma iniciativa do Governo Regional do Príncipe, que contou com o co-financiamento do IPAD. O trabalho de recolha de informação sobre a ilha consistiu na recolha de informação, publicada ou inédita, sobre o ecossistema da ilha e na realização de trabalhos de campo efectuados por especialistas de diversas áreas.

Instituto Marítimo e Portuário de São Tomé e Príncipe

O IMAP-STP (Instituto Marítimo e Portuário de São Tomé e Príncipe) é o organismo através do qual o Governo cumpre os compromissos assumidos no plano externo relativamente às Convenções Internacionais aprovadas pela IMO. É por isso o interlocutor nacional junto da IMO para as questões relativas ao direito do mar, à segurança da vida no mar e à prevenção da população no mar. Com o desenvolvimento de projectos tão importantes para o desenvolvimento do país como a construção e a operacionalização de um porto de águas profundas com o perfil que vai ter, o desenvolvimento das zonas francas e a exploração petrolífera offshore, o país precisa de estar em sintonia com as normas internacionais para a segurança marítima e portuária, e para a prevenção da poluição no mar.

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)