Início > Angola

ANGOLA

Mar pode ser alternativa segura para diversificação económica

A economia azul ou marítima pode afirmar-se, futuramente, como alternativa segura para a diversificação da produção de bens alimentares de consumo directo para o país, vaticina o ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca.

Pedro Luís da Fonseca avança essa hipótese tendo em conta que a zona marítima que o país tem oferece uma reserva de potencialidades de exploração pelágica enorme.

MOÇÂMEDES, ANGOLA

CFM reforça capacidade de transporte de carga

O Caminho de Ferro de Moçâmedes (CFM) reforçou a sua capacidade de transporte de carga com novos vagões para os combustíveis, carruagens para o granito negro e mercadorias contentorizadas, informou o presidente do conselho da administração da empresa, Daniel Quipaxe.

Angola conta com apoio das Nações Unidas na gestão dos portos

O reforço na formação do pessoal que trabalha na gestão e manutenção dos portos de Angola vai contar com apoio das Nações Unidas, com vista a desenvolver o sector portuário.

O facto foi manifestado em Luanda pelo secretário-geral da Conferência das Nações Unidas sobre o Comércio e o Desenvolvimento (CNUCED), Mukshisa Kituyi, que se mostrou disponível para olhar com maior atenção o sector dos Transportes de forma a aproveitar as modernas infra-estruturas existentes no país.

ANGOLA

CFM reforça capacidade de transporte de carga

O Caminho de Ferro de Moçâmedes (CFM) reforçou a sua capacidade de transporte de carga com novos vagões para combustíveis, carruagens para o granito negro e mercadorias contentorizadas, informou, no Lubango, o presidente do conselho da administração da empresa, Daniel Quipaxe.

ANGOLA

Empresa Sopesol aposta na fabricação de barcos

A construção de barcos semi-industriais de até 27 metros de comprimento e seis metros de calado, com uma capacidade de 60 toneladas de pescado, constitui a aposta da empresa Sopesol, informou no Porto Amboim, província do Cuanza Sul, o empresário António Vieira.

Angola entra na exportação de focas vivas e prevê vender 150 animais em 2018

Angola iniciou em 2017 a exportação de focas vivas, para oceanários e jardins zoológicos de todo o mundo, com uma centena de exemplares, volume que já este ano deverá aumentar para 150.

Angola encara privatização dos três caminhos de ferro nacionais

O governo de Angola encara a possibilidade de privatizar parcialmente os três caminhos de ferro nacionais, de preferência a favor de parceiros internacionais ou regionais, da África do Sul em especial, que possuam capacidade financeira e técnica que garantam a gestão futuras das empresas, escreve o África Monitor Intelligence.

O África Monitor refere que os enormes défices de exploração que as três linhas registam, com receitas insuficientes para pagar salários, e as obrigações financeiras decorrentes do investimento da sua reabilitação e aquisição de material circulante, são considerados um encargo muito pesado para o governo.

Angola vai comprar à Airbus três aviões para patrulhamento marítimo

Angola vai adquirir à Airbus três aviões de patrulha marinha do tipo C-295, para assegurar as missões de observação e vigilância do espaço marítimo e da Zona Económica Exclusiva (ZEE).

ANGOLA

Cidades angolanas de Moçâmedes e Lubango voltam a ser ligadas por via ferroviária com comboio misto

As cidades angolanas de Moçâmedes e Lubango (um percurso de 264 quilómetros) voltaram a ser conectadas via ferroviária, treze anos depois. A operação foi feita por um comboio misto de carga e passageiros, anunciou o organismo Caminhos-de-Ferro de Moçâmedes (CFM).

PORTO DE CABINDA, ANGOLA

Celebrações do 56.º aniversário marcadas por acções de solidariedade

Para saudar o quinquagésimo sexto aniversário do Porto de Cabinda, um conjunto de actividades foram realizadas para o efeito, com destaque para a Sopa Solidária oferecida às crianças internadas na pediatria do Hospital Regional de Cabinda.

ANGOLA

Porto do Lobito ganha peso na exportação de minério proveniente da RD do Congo

Neste mês de Março o Porto do Lobito recebe o primeiro comboio transportando 50 contentores carregados com manganês vindo da República Democrática do Congo, adianta o portal ‘Macauhub’, citando fontes do Caminho-de-Ferro de Benguela (CFB) no Moxico. Este movimento de carga marca o regresso do envio de minério proveniente da República Democrática do Congo até Angola, algo que não acontecia há mais de 30 anos.

ANGOLA

«Pesca Fresca» exporta 120 mil toneladas de farinha de peixe

Pelo menos 120 mil toneladas de farinha de peixe vão ser exportadas para a Namíbia pela pescaria Pesca Fresca, no município da Baía Farta, província de Benguela, no âmbito da diversificação económica.

ANGOLA

Exportação nas pescas passa pela melhoria do sistema de processamento

As empresas de pesca devem apostar na melhoria do sistema de processamento dos produtos da pesca, neste período em que o país tem como foco as exportações, de modo a cumprir as exigências de determinados mercados como Europa e América do Norte. O apelo foi feito no município da Baía Farta pela ministra das Pescas e do Mar, Victória de Barros Neto, na cerimónia de apresentação do do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações – PRODESI à classe empresarial das pescas.

ANGOLA

João Lourenço visita empresa pesqueira no Tômbwa

O Presidente da República, João Lourenço, inteirou-se do funcionamento da empresa Pes-Sul, do andamento das obras de construção do Porto Pesqueiro e de um entreposto frigorífico, durante uma visita ao município namibense do Tômbwa.

ANGOLA

Licenciamento da pesca rende mais de 95 milhões de kwanzas

Noventa e cinco milhões, 183 mil e 159 kwanzas foram arrecadados em 2017 pela direcção provincial das Pescas no Cuanza Sul, resultante da cobrança de taxas de licenciamento de 132 embarcações industriais , semi-industriais , artesanal e das multas.

NOTA DA PRESIDÊNCIA

Faleceu Anapaz de Jesus Neto, que foi Presidente da APLOP

É com imensa consternação que os órgãos directivos da Associação dos Portos de Língua Oficial Portuguesa comunicam o falecimento do Dr. Anapaz de Jesus Neto.
Presidente do Conselho de Administração da Empresa Portuária do Lobito até finais de 2017, Anapaz de Jesus Neto foi um incansável companheiro de jornada na consolidação da APLOP, tendo assumido a presidência da Associação entre 2013 e 2016.
Foi também o primeiro Presidente da APANG, Associação dos Portos de Angola.

SEGUNDA FASE DO PROJECTO DE MODERNIZAÇÃO DO PORTO DO NAMIBE ARRANCA ESTE ANO

A segunda fase do projecto de modernização do Porto do Namibe, com início previsto para este ano, contempla a reabilitação de 240 metros de cais e a pavimentação do parque de contentores existente.

Uma delegação do Ministério dos Transportes, encabeçada pelo director-geral do Instituto Marítimo e Portuário de Angola (IMPA), Victor Alexandre de Carvalho, trabalhou durante cinco dias (29 de Janeiro a 02 de Fevereiro) em Tóquio, República do Japão, com o objetivo de fazer o acompanhamento da abertura da proposta de preço e a adjudicação da empreiteira japonesa, TOA Corporation, selecionada por concurso público, para executar os trabalhos, com início previsto para o mês de Março de 2018, no recinto portuário, em Moçamedes, província do Namibe.

Angola ligada ao Brasil por cabo submarino em Fevereiro

O primeiro cabo submarino a estabelecer uma ligação entre África e a América do Sul deverá chegar à costa do Brasil, concretamente a Fortaleza, Estado do Ceará, nos primeiros dias de Fevereiro, informa o presidente da empresa Angola Cables, António Nunes.

O presidente da empresa adiantou que o cabo submarino conhecido por SACS (South Atlantic Cable System), com uma extensão de 6500 quilómetros, permitirá que os países da América do Sul possam comunicar com a Europa sem necessidade de passar pelos Estados Unidos e que os países de África podem chegar aos Estados Unidos sem terem de passar pela Europa.

ANGOLA

Empresa Portuária de Cabinda tem Novo Presidente do Conselho de Administração

A 21 de Dezembro de 2017 foi nomeado um novo Conselho de Administração do Porto de Cabinda. A maior Empresa Pública com Sede na Província de Cabinda passou a ser liderada por Samuel Sambo.
O novo Pca substituiu Manuel Nazareth Neto. Até à altura da sua nomeação, Samuel sambo foi Director do Gabinete de Auditoria Interna Métodos e Qualidade.
Manuel Nazareth Neto é agora PCA do Porto Comercial do Soyo.
 

ANGOLA

Porto de Luanda prepara-se para atingir os 8 milhões de toneladas em 2017

Bons prenúncios para o Porto de Luanda: de acordo com palavras de Alberto Bengue, proferidas à agência noticiosa Angop, o porto deverá atingir a fasquia dos oito milhões de toneladas de carga diversa movimentada até ao final deste ano. O presidente do conselho de administração da infra-estrutura portuária angolana aludiu a uma recta final de ano proveitosa para o Porto de Luanda e previu um sólido resultado para 2017.

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)