Início > Moçambique

MOÇAMBIQUE

Minas de Moatize com potencial para produzir 2,2 milhões de toneladas de carvão/ano

O estudo de viabilidade económica definitivo do projecto Minas de Moatize, em Moçambique, conclui estar-se na presença de uma mina de carvão “técnica e economicamente robusta”, informa a empresa Beacon Hill Resources. A mina, na província de Tete, dispõe de 42,65 milhões de toneladas de reservas com uma quantidade comercializável de 23,46 milhões de toneladas, de que pelos menos 8,72 milhões de toneladas são de carvão de coque.

POR TERRAS DE MOÇAMBIQUE

De que festa é a nostalgia?

Quando pisou chão de Maputo, lembrou-se do amendoim assado na areia. Esquecera a “ordem” dada a quem levava máquina fotográfica — “quando começar a chorar não me tirem fotografias”; pressentiu na boca o sabor da manga com sal…
A entrada no liceu António Ennes obrigava a madrinha. A de Marta Brinca foi Amélia Muge. No professor amigo do professor Romero de Magalhães descobriu um seu antigo professor do António Ennes.
Gaiata, entrava com a mãe pela porta de serviço do “Polana”, carregando víveres que alimentariam a elite reluzente daquele pentágono estrelar. Voltou passados vinte e tal anos, entrou agora pela porta da frente (...)

MOÇAMBIQUE

Embaixador português salienta o mercado potencial de 250 milhões de pessoas

O embaixador português em Moçambique, Mário Godinho de Matos, apelou aos empresários portugueses para terem uma visão ampla do potencial mercado moderno moçambicano, que tem à sua volta 250 milhões de pessoas, pertencentes a SADC.
Num encontro com 11 empresários portugueses, que integram uma missão empresarial da Associação Empresarial de Portugal (AEP), Godinho de Matos aconselhou o grupo de investidores a fixarem-se em Moçambique, país através do qual podem "criar um 'network' interessante" com os Estados da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

PESQUISA DE CARVÃO

Governo moçambicano suspende emissão de novas licenças

O Governo moçambicano não vai emitir licenças para novas pesquisas de carvão em Tete, no centro-norte de Moçambique, região onde multinacionais como a Vale e a Rio Tinto iniciaram aquela que está a ser uma das mais desenfreadas corridas mundiais atrás do carvão de coque.
O país tem estado a registar uma grande procura de investidores estrangeiros interessados no sector de mineração de carvão em Tete, região que se crê possuir uma das maiores reservas mundiais de carvão de coque, usado na produção de aço.

MOÇAMBIQUE

Terminal de carvão de Nacala «operacional em dois, três anos»

O terminal de carvão no porto de Nacala, no norte de Moçambique, deverá estar operacional em "dois, três anos", assegurou em Tóquio o primeiro-ministro moçambicano, Aires Ali. O terminal é uma peça fundamental no escoamento de carvão de Tete, no centro de Moçambique, que passa pela reabilitação do porto e a construção de uma linha férrea de 912 quilómetros, num investimento total de cerca de 3,3 mil milhões de euros.

MOÇAMBIQUE

Pipeline de recepção de gás no porto do Maputo pronto em Abril

O projecto de construção de um pipeline para a recepção de gás doméstico a partir do porto do Maputo deverá estar concluído até Abril. A infra-estrutura vai permitir que o país possa receber, em caso de necessidade, navios de gás numa economia de escala.
Citado pelo jornal Notícias do Maputo, Manuel Braga, director-geral da Importadora Moçambicana de Combustíveis (IMOPETRO), garantiu que, como resultado da construção do pipeline, o país deixará de estar dependente das importações feitas via terrestre a partir da África do Sul.
 

Centro de Promoção de Investimentos de Moçambique pretende atrair 17 mil milhões de dólares em investimento

O Centro de Promoção de Investimentos (CPI) de Moçambique espera atrair, ao longo dos próximos três anos, 17 mil milhões de dólares em investimentos, afirmou em Maputo Godinho Alves, director-geral-adjunto do CPI. De acordo com a imprensa moçambicana, aquele valor deverá envolver 1 250 projectos em diversos sectores da actividade económica, criando pelo menos mil postos de trabalho.

 

GARANTE MARTA MAPILELE, DA CFM

Obras de conclusão da Linha do Sena, em Moçambique, iniciam-se este mês

As obras de conclusão da linha de caminho-de-ferro do Sena, em Moçambique, iniciam-se este mês, garantiu em Maputo a administradora executiva da empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), Marta Mapilele.
Citada pelo jornal moçambicano O País, Marta Mapilele adiantou que as obras vão consumir entre 44 milhões a 45 milhões de dólares, devendo ser executadas num período de seis meses, findo o qual a linha disporá de uma capacidade para transportar até 6,6 milhões de toneladas por ano, a actual capacidade do terminal de carvão do porto da Beira.

MOÇAMBIQUE

Actualizado plano de restauro da costa de Maputo

Está na fase conclusiva a actualização do projecto de reabilitação da protecção costeira de Maputo, abrindo caminho para o início das obras, previsto ainda para este semestre. De acordo com o presidente do Município de Maputo, David Simango, o novo esboço será entregue ainda este mês de Fevereiro pelo consultor, entidade que, em parceria com a edilidade, vai fiscalizar a execução dos trabalhos.

MARTA MAPILELE, DOS CFM, É UMA DAS ORADORAS

MOÇAMBIQUE - O encontro dos grandes gestores da economia

Manuel Cuambe, da EDM; João Figueiredo, do Banco Único; Marlene Manave, das LAM; e Marta Mapilele, dos CFM, são os oradores da primeira conferência CEO Experience em Moçambique, organizada pela Accenture, em parceria com “O País Económico”.
A grande conferência CEO Experience está marcada para hoje, 15 de Fevereiro, no Polana Serena Hotel, em Maputo, e terá como tema “Estratégias para alcançar ou manter um crescimento sustentado”.

MOÇAMBIQUE

Navegação nos rios Chire e Zambeze alvo de estudos

O governo do Malawi acordou na realização de estudos por consultores independentes para apurar as implicações que a navegabilidade dos rios Chire e Zambeze pode representar para o ambiente e biodiversidade, informa o matutino Notícias, de Maputo.
O acordo surgiu na quarta reunião bienal dos ministros dos Transportes dos países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral e Oriental sobre os corredores de desenvolvimento, realizado na cidade de Nampula.

Empresa indiana vai investir mais de 600 milhões USD na construção de um porto em Moçambique

O grupo indiano Essar tem já pronto o projecto para a construção de um porto de mar em Moçambique, onde irá aplicar 30 mil milhões de rupias (612 milhões de dólares), de acordo com o canal indiano de televisão CNBC-TV18. A estação televisiva, que não indica o ponto exacto onde será construída a infra-estrutura, informou ainda que o porto terá uma capacidade inicial para processar 30/40 milhões de toneladas de carvão e de minério de ferro por ano, podendo mais tarde vir a ser expandido, a fim de processar carga geral.

NSANJE

O porto que causou uma crise diplomática

MOÇAMBIQUE e o Malawi estiveram em finais de 2010 mergulhados numa crise diplomática devido à tentativa deste último país de navegar os rios Zambeze e Chire, em direcção ao porto fluvial de Nsanje, sem a devida autorização das autoridades moçambicanas.
Este incidente criou alguma tensão no relacionamento entre os dois países e, como forma de refrear os ânimos, o governo moçambicano acabou decidindo que o assunto deveria ser devolvido ao fórum de onde nunca devia ter saído, numa alusão à Comissão Interministerial Conjunta, constituída por Moçambique, Malawi e Zâmbia.

Moçambique, África do sul e Tanzânia reforçam fiscalização e combate à pirataria marítima

Os governos moçambicano, sul-africano e tanzaniano assinaram esta terça-feira um memorando de entendimento tripartido no quadro dos esforços conjuntos, para o incremento da segurança marítima no Canal de Moçambique e nos espaços marítimos dos países envolvidos.

MOÇAMBIQUE

Autoridade Tributária implementa figura do «Operador Autorizado»

A introdução da figura do Operador Económico Autorizado, pela Autoridade Tributária de Moçambique (AT), encontra-se numa fase bastante avançada, tendo já sido realizado o projecto piloto na Terminal Internacional Marítima (TIMAR) no Porto de Maputo, por um período de seis meses.
A informação é avançada pelo Notícias de Maputo, citando o director-geral adjunto das Alfândegas, Miguel Nhane, que fez a revelação aquando das cerimónias centrais das comemorações do Dia Mundial das Alfândegas, realizadas na cidade de Xai-Xai, na província de Gaza, sob o lema “As Fronteiras dividem, as Alfândegas unem”.

MOÇAMBIQUE

Guebuza apela à remoção de barreiras ao comércio entre países africanos

O presidente Armando Guebuza apelou, em Addis Abeba, capital etíope, à remoção de “políticas e práticas comerciais excessivamente proteccionistas”, que impedem o comércio entre os países africanos. Para o estadista moçambicano, a integração económica regional tornou-se uma questão de sobrevivência.

MOÇAMBIQUE

Produção pesqueira vai crescer mais 23.5% este ano em relação a 2011

A produção pesqueira deve crescer 23.5% este ano, em comparação com o desempenho verificado em 2011. Aliás, os indicadores gerais de produção deste sector mostram uma produção negativa na ordem de -5.1% em 2011, enquanto para 2012 se prevê um salto para 18.4% este ano.
Trata-se de um desempenho assinalável para um sector que tem contribuído em cerca de 3% para o Produto Interno Bruto (PIB), apesar de um imenso potencial que o país apresenta.

Investimentos brasileiros em Moçambique ultrapassam 4 bilhões de euros

Os investimentos brasileiros em Moçambique são ligeiramente superiores a quatro mil milhões (bilhões) de euros, a maioria dos quais promovidos pela mineira Vale, revelou, segunda-feira(23), o embaixador cessante daquele país em Maputo, António de Sousa e Silva.

Falando na apresentação de cumprimentos de despedida ao Presidente moçambicano, Armando Guebuza, o diplomata brasileiro revelou que a Vale, que detém uma das maiores minas de carvão do mundo na província de Tete, centro, domina os investimentos do seu país, com cerca de 3,8 mil milhões (bilhões) de euros

MOÇAMBIQUE

Porto do Maputo: Terminal de carvão com novos accionistas

O GRUPO internacional Vitol anunciou que vai adquirir trinta e cinco por cento de acções no Terminal de Carvão da Matola (TCM), uma das unidades funcionais do Porto de Maputo com capacidade para processar, anualmente, seis milhões de toneladas de carvão e de magnetite. A transacção envolve montantes na ordem dos 67.7 milhões de dólares norte-americanos, mas só poderá ser efectiva após aprovação pelo Governo moçambicano.

MOÇAMBIQUE

Obras de protecção da costa da Beira arrancam este ano

O Conselho Municipal da Beira já tem, nos seus cofres, para a execução das obras, pouco mais de três milhões de dólares norte-americanos disponibilizados pela cooperação suíça. De acordo com a edilidade, a reabilitação do sistema de protecção consistirá na reconstrução de 20 esporões, assim como do restante sistema de protecção, nomeadamente, murro de protecção, numa extensão de cerca de dois quilómetros e meio, que vão desde a zona da Praia Nova até ao Estoril.

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família