Início

Porto do Recife fecha fevereiro com alta de 30% na movimentação


O Porto do Recife obteve bom desempenho no segundo mês do ano, como já havia acontecido em janeiro. Em fevereiro, foram movimentadas 95.013 toneladas. Os números apontam um crescimento de 30% em relação ao mesmo período de 2020. Os produtos movimentados foram malte, trigo , barrilha e fertilizantes, além do destaque do mês, o açúcar novamente, com quase 20 mil embarques no período, para a Costa do Marfim.

São Tomé e Príncipe lança concurso para transporte marítimo entre ilhas e para a sub-região


O governo de São Tomé e Príncipe anunciou recentemente o lançamento de um concurso público internacional com vista ao transporte marítimo de passageiros e mercadorias entre as duas ilhas do arquipélago e os países do Golfo da Guiné, noticia a Lusa.

As propostas deverão ser entregues até 29 de Março, devendo ser orientadas pelo propósito de «melhorar o transporte de passageiros e de cargas entre as ilhas de São Tomé e do Príncipe e entre estas e os países da sub-região» por intermédio de um «navio que opere sem restrições ou condicionalismos portuários ou marítimos, em condições contratuais de concessão a estabelecer-se».

263 TONELADAS

Transitex transportou 81 bobinas de aço da China até ao Brasil


A empresa Transitex anunciou a concretização do transporte de uma carga break bulk (carga fraccionada) da China até ao Brasil: segundo dados veiculados pela empresa, tratou-se de «uma operação de sinergia» entre as suas equipas locais, tendo sido materializada com sucesso.

BRASIL

Porto de Imbituba amplia estrutura com novo armazém de granéis sólidos


A capacidade de estocagem de cargas do Porto de Imbituba acaba de ser ampliada, com o início da operação de um novo armazém de 6.400m², na Área 6-1, próxima ao Cais 3. A estrutura é dedicada à movimentação de minério de ferro e acomoda aproximadamente 80 mil toneladas. O investimento da operadora portuária SulNorte Logística busca atender a demanda de exportação de hematita e magnetita, granéis minerais que já vêm sendo enviados por meio do Porto de Imbituba desde novembro de 2020.

BRASIL

Docas do Rio assina contrato para continuidade da operação da Petrobras no Porto do Rio de Janeiro


A Companhia Docas do Rio de Janeiro assinou um contrato de transição com a Petrobras, no intuito de garantir a manutenção das operações da empresa no Porto do Rio de Janeiro, que é uma das principais bases de apoio offshore do país para a exploração dos campos de pré-sal da Bacia de Santos.

Considerado muito importante para a economia do município e do Estado, o contrato tem validade de seis meses e foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), que também permitiu a celebração de outros contratos subsequentes até que seja realizado o certame licitatório da área. O próximo passo é a elaboração de um Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) para prosseguir com o processo de arrendamento em definitivo do terminal.

INFORMATIVO MERCO SHIPPING | 3 DE MARÇO DE 2021

Clipping com a actualidade dos portos brasileiros


Fique a par da actualidade dos portos brasileiros, também do sector dos transportes em geral, consultando o Informativo MERCO SHIPPING.

BRASIL

Movimentação de cargas no Porto de Santos cresce em 2021


O Porto de Santos iniciou o ano de 2021 registando volumes record de movimentação. A estatística é da Santos Port Authority (SPA). O volume total de cargas foi de 9,18 milhões de toneladas, resultado 10,5% superior ao de 2020 (8,31 milhões) e 1,4% maior que o recorde do mês, registado em 2018 (9,05 milhões).

3.ª EDIÇÃO

Grupo Sousa participa no «Cape Verde Shipping Forum»


A 25 de Fevereiro realizou-se em formato Webinar, o '3rd Cape Verde Shipping Forum', um fórum internacional sobre transporte marítimo e logística, organizado pelo Atlantico Business Development.

A representar a Madeira neste encontro - que teve como orador principal o Ministro da Economia Marítima da República de Cabo Verde, Paulo Lima Veiga - esteve Guilherme Gomes, Director Comercial do Armador GS LINES (do Grupo Sousa), o único português do grupo.

Maersk vai operar em 2023 o primeiro navio de linha do mundo neutro em carbono


A A.P Moller - Maersk acelera as suas ações rumo à descarbonização com o lançamento de um navio movido a metanol em 2023. Aos clientes, a companhia oferece um produto carbono neutro escalável. E aos fornecedores de combustível um incentivo para a produção em escala dos combustíveis do futuro. Além disso, a Maersk anuncia que todos os seus futuros navios construídos serão capazes de operar com combustíveis neutros em carbono.

INFORMATIVO MERCO SHIPPING | 3 DE MARÇO DE 2021

Clipping com a actualidade dos portos brasileiros


Fique a par da actualidade dos portos brasileiros, também do sector dos transportes em geral, consultando o Informativo MERCO SHIPPING.

BRASIL

Porto do Recife cresce 69,04% na movimentação de cargas de Janeiro


O Porto do Recife registrou crescimento de 69,04% na movimentação em janeiro, em comparação ao mesmo mês de 2020. O cenário também reposiciona as estimativas de movimentação para os próximos meses.

A previsão era movimentar cerca de 82 mil toneladas de produtos, mas o resultado foi de 166.041 toneladas. Em janeiro de 2020, foram movimentadas 98.225 toneladas. O ancoradouro recifense recebeu no primeiro mês do ano oito embarcações, que importaram ou exportaram seis produtos diferentes.

CV Interilhas (Grupo ETE) anuncia alargamento da sua frota durante este ano


A CV Interilhas anunciou que se encontra em processo de aquisição de um novo navio, a integrar a sua frota ainda durante este ano, estando prevista a sua entrada em operação no segundo trimestre de 2021.

Trata-se de um navio ROPAX (Roll-On Roll-Off de passageiros e cargas) com uma rampa de popa e equipado com Bow Thruster, com comprimento de 69 metros, 670 Toneladas de Arqueação Bruta, velocidade de 15 nós e capacidade para cerca de 250 passageiros e 43 viaturas ou 11 atrelados de 15 metros.

Cimeira entre Portugal e o Brasil será em 2022


A Cimeira Portugal/Brasil deverá ocorrer em 2022, ano em que se celebra o bicentenário da independência brasileira e o centenário da travessia aérea de Gago Coutinho e Sacadura Cabral, revelou o chefe da diplomacia portuguesa.

Segundo Augusto Santos Silva, que falava numa audição presencial, a requerimento do Partido Social Democrata (PSD), na Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas da Assembleia da República, a pandemia da covid-19 assim o determina.

Wallenius Wilhelmsen desenvolve o primeiro ro-ro movido a vento


A Wallenius Wilhelmsen desenvolve um projeto de navio movido a vento, capaz de transportar sete mil veículos a velocidade de até 12 nós a vela. Os planos prevêm a contratação de construção em meados de 2022 e conclusão a partir de 2025. O "Orcelle Wind" também poderá transportar máquinas pesadas e produtos fraccionados. A velocidade pode ser aumentada com a ajuda de um sistema de energia suplementar a bordo.

BRASIL

Carga em contentores regista crescimento de 6% no Porto de Paranaguá


O volume de cargas importadas e exportadas em contêineres em 2020, pela TCP, no Porto de Paranaguá, aumentou 6% em relação a 2019. Foram 8.541.091 toneladas, 508.664 toneladas a mais que no ano anterior. Os produtos em contêineres representam 14,9% da movimentação geral dos portos do Paraná.

EM 2020

Exportações de Macau para países lusófonos sobem em flecha


Macau exportou mercadoria no valor de 12,3 milhões de patacas (US$1,54 milhões) para os Países de Língua Portuguesa EM 2020, nove vezes mais do que em 2019.

Segundo dados oficiais divulgados pela Direcção dos Serviços de Estatística e Censos de Macau, a esmagadora maioria (mais de 11,75 milhões de patacas) correspondeu à exportação de produtos ‘Made in Macau’, sendo produtos químicos orgânicos responsável por 11 milhões de patacas.

As baleias jubarte mudam de canções como se fossem DJs


Um novo estudo revelou que as baleias jubarte não mudam as suas canções através de um processo de aprendizagem cultural. A descoberta contradiz a hipótese de transmissão amplamente aceite que sugere que as baleias aprendem canções umas com as outras.

Nem a transmissão cultural, nem a aprendizagem social contribuem significativamente para que as baleias jubarte mudem as suas canções ao longo do tempo, afirmou Eduardo Mercado, professor de Psicologia da Universidade de Buffalo, citado pelo Futurity.

COMPILAÇÃO MERCO SHIPPING

Acórdãos e Avisos da ANTAQ + Legislação avulsa


Conheça os mais recentes acórdãos e avisos da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), compilação a cargo da MERCO SHIPPING.

SUGESTÃO DE LEITURA

A Redondeza da Terra e Outras Histórias da Ciência e da Cartografia


Este livro, baseado na série Histórias da Ciência divulgada no PÚBLICO em 2018, procura despertar o interesse de toda a gente para aspectos da história da ciência normalmente ausentes da literatura especializada. Uma característica partilhada pela maioria dos episódios aqui contados é referirem-se a actividades praticadas por pessoas anónimas ou pouco conhecidas, por vezes até iletradas, em áreas tão diversas como a navegação, a cartografia, a medicina e a história natural.

FAFE, PORTUGAL

Museu das Migrações e das Comunidades


O Museu das Migrações e das Comunidades foi criado em 12 de Julho de 2001 por deliberação da Câmara Municipal de Fafe, como plataforma virtual, com a designação de Museu da Emigração e das Comunidades. Inscreve as suas finalidades na perspectiva do conhecimento dos movimentos migratórios e, em especial, da emigração portuguesa, detendo-se particularmente na emigração para o Brasil do século XIX e na emigração para os países europeus da segunda metade do século XX.

SUGESTÃO DE LEITURA

Monstros marinhos, ou a história ignorada dos Descobrimentos


Eram marinheiros, missionários, exploradores ao serviço da coroa portuguesa, mas os "monstros marinhos" e prodígios da natureza que viram no Atlântico e no Novo Mundo marcaram-nos. Muitos deles foram os primeiros a descrever animais e plantas que só muito mais tarde viriam a ser "descobertos" pelos naturalistas de Oitocentos. Mas esses relatos, do século XV ao XVIII, escritos na maioria em português e em muitos casos nunca publicados, quase não chegaram ao conhecimento dos intelectuais europeus da época. E assim permaneceram até hoje.

É essa proto-história das ciências naturalistas em português que a bióloga e historiadora Cristina Brito está a redescobrir, em relatos antigos de monstros marinhos, sereias, manatins e outros prodígios, que foi desencantar nos arquivos e quer dar a conhecer ao público e aos outros investigadores.

VIAJANDO PELA HISTÓRIA

O Medo do Mar


Para o homem europeu, o oceano era um lugar perturbador, onde o reino da água excluía a vida humana. O homem podia percorrer os rios, navegar nos mares interiores, mas quando as águas se estendiam a perder de vista, até distâncias completamente desconhecidas, como o caso do oceano Atlântico, então o mar transformava-se no reino de todos os monstros.

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Adriano Rosamonte

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Augusto Fernando Cabi

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Madalena Neves

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Fernando Nunes da Silva

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Newsletter: Subscrever | Newsletter: Cancelar | Política de Privacidade e Termos de Utilização