Início

MOÇAMBIQUE

Guerra comercial entre os EUA e China afecta planos de negócios do Porto do Maputo


A guerra comercial entre Estados Unidos e a China afecta os planos de negócios do Porto do Maputo. A empresa concessionária desta infra-estrutura portuária decidiu rever em baixa o volume de manuseamento de carga diversa este ano, de 21 milhões de toneladas para 19 milhões.

Plano para a Economia Azul de Cabo Verde apresentado ao governo até Novembro


O Plano para a Economia Azul será apresentado ao Governo até Novembro, disse na Praia o secretário de Estado adjunto para a Economia Marítima de Cabo Verde.

Paulo Veiga prestava declarações no final da reunião da Comissão de Pilotagem para a Economia Azul, cujos membros analisaram o estado dos trabalhos já realizados no âmbito do processo de transição de Cabo Verde para a Economia Azul.

MOÇAMBIQUE

Dragagem de manutenção do Porto de Maputo arranca em Outubro


A concessionária do Porto do Maputo, MPDC, anunciou que as obras de manutenção do canal de acesso desta infra-estrutura portuária deverão iniciar-se em Outubro próximo e terão uma duração de quatro meses.

Este trabalho surge após a dragagem de aprofundamento do canal de acesso ao Porto de Maputo em 2016/2017, de 11 metros para até 14.3 metros.

VÍDEO

Uma história em cada Porto - Porto de Maceió


Berenaldo é técnico portuário e deixou as emoções transbordarem ao contar a sua história com o Porto de Maceió, que começou há mais de 50 anos. Ele conhece a estrutura do terminal de olhos fechados, pois faz uma caminhada pelo local todos os dias ao chegar para trabalhar.

VIAJANDO PELA HISTÓRIA DOS DESCOBRIMENTOS

Terra de oportunidades


Nos tempos da independência, vários brasileiros fizeram fama e fortuna do outro lado do oceano.
Com a independência do Brasil, Portugal correu o risco de perder, por tabela, outra colónia: Angola. Temia-se que a possessão africana fosse anexada pelos brasileiros. E havia bons motivos para essa preocupação.
Durante mais de 300 anos, ambas as regiões estiveram nas duas pontas do tráfico de escravos. Quase 70% dos cerca de cinco milhões de africanos que desembarcaram no Brasil vinham do Congo e de Angola. E as relações iam muito além do comércio negreiro: pelo menos desde o século XVII, africanos da costa centro-ocidental e brasileiros estavam unidos por laços mercantis, familiares e culturais.

MOÇAMBIQUE

Galeria para turistas no Porto de Maputo custou USD 1,3 milhões de dólares


As obras de montagem de uma galeria para atracção de turistas no Porto de Maputo estarão prontas em Setembro, revelou em exclusivo ao “O País” o director-executivo da concessionária desta infra-estrutura portuária.

A empresa concessionária do Porto de Maputo (MPDC) investiu cerca de 1.3 milhão de dólares norte-americanos na instalação de uma galeria nesta infra-estrutura portuária, para atrair turistas.

ENAPOR recebeu a visita de uma delegação técnica da China Merchants Group


A representante de uma Delegação Técnica da China Merchants Group, «potencial investidor e parceiro do projecto ZEEMSV – Zona Económica Especial Marítima de São Vicente», visitou, no passado dia 4 de Setembro, uma «visita de cortesia» ao Conselho da Administração da ENAPOR, em Mindelo, revelou a entidade cabo-verdiana que detém a tutela dos portos do país.

BRASIL

Transporte fluvial garante a deslocação de pessoas e cargas na região Amazónica


Na região Norte, os rios são as estradas para a deslocação de cargas e passageiros. A malha hidroviária de mais de 16 mil quilómetros de rios navegáveis na região é a ligação entre os grandes centros das capitais, os municípios do interior e as comunidades ribeirinhas, localizadas em áreas mais remotas. É também a solução logística para o desenvolvimento social, económico e cultural da população local.

A movimentação é grande. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a região Norte concentra cerca de 9% da população brasileira (quase 18 milhões de habitantes) e, desse total, 26% encontram-se na zona rural. Todos os dias, milhares de pessoas deslocam-se para as cidades maiores em busca de encomendas, cargas e mercadorias, que vão desde alimentos até medicamentos, materiais de higiene e de construção, entre outros. Há também aqueles que saem de suas casas, nas comunidades mais isoladas, para trabalhar, estudar ou para fazer um tratamento médico.

Em busca da Colónia perdida


Brent Lane cresceu fascinado pelas lendas da Colónia Perdida e tem uma reprodução actual do mapa pintado a aguarela de White. Em 2011, ficou curioso sobre dois remendos ténues na sua cópia. Quando os curadores colocaram o quadro sobre uma mesa retroiluminada, três meses mais tarde, o símbolo em forma de estrela de um forte apareceu sob um dos remendos. A localização do forte era igualmente surpreendente: não se situava na ilha de Roanoke, mas a cerca de 80 quilómetros de distância, no início do estreito de Albemarle – correspondendo à referência de White de que os colonos planeavam mudar-se “cinquenta milhas para o interior”...

BRASIL

Projecto para nova sinalização náutica avança no Rio de Janeiro


Os membros do Grupo de Trabalho (GT), formado para estudar projetos de melhoria do acesso aquaviário ao Porto do Rio de Janeiro, bem como do tráfego marítimo na Baía de Guanabara, reuniram-se na sede da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ). Durante o encontro, os representantes da CDRJ, da Praticagem do RJ, dos Terminais de Contêineres e da Marinha, assistiram à apresentação da versão inicial do projeto de sinalização náutica para o Canal de Cotunduba, elaborado pela empresa Precursore.

VÍDEO

Uma história em cada Porto - Porto de Santos


No primeiro episódio da série "Uma história em cada porto" vamos conhecer a jornada do engenheiro eléctrico Osvaldo Barbosa, que há mais de quatro dácadas se dedica ao Porto de Santos, São Paulo, Brasil.

VIAJANDO PELA HISTÓRIA DOS DESCOBRIMENTOS

Embarque sem volta


A bordo da nau Príncipe Real, chegaram ao Rio de Janeiro, em 1808, a rainha D. Maria, o príncipe D. João e seu filho D. Pedro. Essa história todo mundo conhece, e também o desfecho: treze anos depois, D. João VI regressa a Portugal, mas deixa o filho, responsável pela Independência, em 1822. Menos conhecido é o destino daquele navio. Ao contrário de seus ilustres passageiros, a embarcação teve um fim nada nobre: foi transformado num depósito de prisioneiros conhecido como “Presiganga”.

REVELA A MSC

Serviço «Angola Express» passa a escalar directamente o Porto de Luanda


De acordo com informação adiantada pela companhia marítima mediterrânica MSC, o serviço marítimo intitulado ‘Angola Express’ «foi alterado, passando a escalar directamente o Porto de Luanda». Este serviço da MSC, refira-se, escala Portugal através do Porto de Sines.

A nova rotação inclui também escalas directas em Dakar (capital do Senegal), Conacri (capital da República da Guiné), San Pedro (Costa do Marfim) e Lomé (capital do Togo).

NAMÍBIA

Descoberta de navio português carregado de ouro volta à ribalta


"O Bom Jesus" afundou-se há 500 anos e foi descoberto na Namíbia por mineiros que procuravam diamantes. O tesouro encontrado foi avaliado em mais de 11 milhões de euros. A história foi recuperada por uma estação norte-americana.

CABO VERDE

Portos Nacionais recebem visita de Delegação da Gesport


O Porto da Praia recebeu a visita de uma Delegação de representantes da Gesport chefiada pelo Presidente da Administração Portuária de Tenerife. A delegação foi recebida pelo Director do Porto da Praia, Engº Alcídio Lopes, tendo tido a oportunidade de assistir a uma apresentação sobre os portos nacionais.

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Newsletter: Subscrever | Newsletter: Cancelar | Política de Privacidade e Termos de Utilização