Início

A Língua Portuguesa fez 800 anos


O Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa, foi palco de várias iniciativas para assinalar a data. Foram lançados 800 balões e, ao cair da noite, foram largados mais 244, que simbolizam os 244 milhões de pessoas que falam a língua de Camões. Também foi apresentado um manifesto, que conta com as assinaturas de governantes de Cabo Verde, Timor-Leste e Guiné-Bissau, tal como de políticos portugueses, músicos, escritores, professores e jornalistas dos países onde se fala português.

MOÇAMBIQUE

PRIMEIROS SEIS MESES DO ANO: KaTembe captura 1500 ton de pescado


PELO menos 1507 toneladas de pescado diverso foram capturadas no distrito municipal KaTembe, do outro lado da baía de Maputo, de Janeiro a Junho último. Daquele universo, grande parte – 1285 toneladas – é constituída por camarão, de acordo com dados recentemente apresentados pela administração da KaTembe.

MOÇAMBIQUE

Portus Indico adquire 70% do capital da Navique


O grupo Portus Indico, que detém uma participação maioritária na Empresa de Desenvolvimento do Porto de Maputo (MPDC, na sigla em inglês), adquiriu 70% das ações da Navique - Empresa Moçambicana de Navegação SARL (Grupo ETE).

DE 24 A 26 DE OUTUBRO

Curso prático WHITE MOS Operations


O curso WHITE MOS Operations de Intermodalidade Maritima desenvolver-se-á a bordo do Excellent, da Grandi Navi Veloci, durante o trajecto Barcelona-Génova-Barcelona, entre os dias 24 e 26 de Outubro de 2014.

O mundo mudou e a CPLP está a mudar


Desde a sua criação, em 17 de Julho de 1996, até agora, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) assistiu a mudanças decisivas nas relações internacionais, que a levaram, também, a mudar o paradigma da sua existência.

Relações próximas com Brasil e China posicionam Angola para apoio de futuro banco dos BRICS


Angola está bem posicionada para vir a receber financiamento do futuro banco dos BRICS, dadas as suas relações próximas com o Brasil e com a China, afirma a Economist Intelligence Unit. A recente visita de Estado do presidente angolano, José Eduardo dos Santos, ao Brasil, veio sublinhar o nível privilegiado da relação bilateral, traduzindo-se em termos práticos numa sexta linha de crédito brasileira, no valor de dois mil milhões de dólares, operacional já este ano e vocacionada para a área da produção de electricidade.

MOÇAMBIQUE

Cabotagem volta ao país


DEPOIS de longos anos de uma completa inactividade ditada pela conjuntura interna, finalmente a cabotagem no transporte marítimo voltou a ligar toda a costa moçambicana numa extensão total de aproximadamente 2400 quilómetros. Com efeito, navios carregados de elevadas quantidades de mercadorias diversas de importação e exportação escalam todos os principais portos nacionais, designadamente Maputo, Beira, Quelimane, Nacala e Pemba, facilitando, sobremaneira, a vida dos consumidores.

PORTO DE SANTOS, BRASIL

Carga contentorizada é destaque na movimentação de Maio


As cargas de importação foram o destaque no volume de mercadorias movimentadas durante o mês de maio no Porto de Santos (2,8 milhões t), ficando 4,0% acima da quantidade operada no mesmo período do ano passado (2,7 milhões t). As cargas conteinerizadas ganham destaque nos dois fluxos, mantendo o crescimento verificado ao longo dos últimos anos, que em maio atingiu 4,2%, somando 300 mil teu.

HUMBERTO BRITO:

Cabo Verde pode tornar-se numa plataforma de prestação de serviços


O ministro do Turismo, Indústria e Energia afirmou à Inforpress que os investimentos feitos no Porto da Praia vão permitir ao país melhorar a capacidade de serviço internacional tornando-se numa plataforma de prestação de serviços. Humberto Brito falava durante a visita da nova directora – executiva do MCC, Millennium Challenge Corporation Dana Hyde, ao Porto da Praia para se integrar dos projectos do primeiro compacto e da implementação do segundo pacote no arquipélago.

Portugal vai ter 400 mil quilómetros quadrados de áreas marinhas protegidas


Portugal poderá passar a ter perto de 400.000 quilómetros quadrados – quatro vezes a área terrestre do país – de áreas protegidas marinhas oceânicas, segundo uma proposta de legislação que está a ser elaborada pelo Governo.
A ideia é acrescentar duas novas áreas enormes, com 255.000 quilómetros quadrados no total, às que já estão classificadas como protegidas na zona marítima portuguesa – segundo a proposta de limites da plataforma continental que Portugal submeteu à ONU em 2009.

VII CONGRESSO DA APLOP, NO LOBITO, ANGOLA | VÍDEOS

A Segurança Marítima no Contexto da CPLP - Francisco Venâncio


A Sessão IV do VII Congresso da Associação dos Portos de Língua Oficial Portuguesa (APLOP), que decorreu na cidade angolana do Lobito a 17 e 18 de Outubro de 2013, integrou comunicações de Pedro Ponte, Gestor do Sistema de Qualidade e Ambiente da APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra (Portugal), e do Comandante Gouveia e Melo, Presidente do Observatório de Segurança Marítima (Portugal).
Mesa presidida por Francisco Venâncio, Presidente do Conselho de Administração da Empresa Portuária de Luanda (Angola).
Neste vídeo, curta intervenção de Francisco Venâncio, reflectindo sobre a comunicação de Pedro Ponte e introduzindo o segundo orador, Gouveia e Melo.

CABO VERDE

Portos Nacionais recebem visita de Delegação da Gesport


O Porto da Praia recebeu a visita de uma Delegação de representantes da Gesport chefiada pelo Presidente da Administração Portuária de Tenerife. A delegação foi recebida pelo Director do Porto da Praia, Engº Alcídio Lopes, tendo tido a oportunidade de assistir a uma apresentação sobre os portos nacionais.

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)
em rotinas.php:
UPDATE banners SET JaVisto = JaVisto + 1 WHERE nID =